Beauty

Tassiane Ortega | Microvarizes

Hoje venho falar com a colaboração da bioesteta Tassiane Ortega,
de um tratamento super popular entre as mulheres, 
principalmente quando se entra no outono/ inverno.
Que é quando aproveitamos para prepararmos os corpinhos 
para a exposição do verão.

Também conhecida popularmente como “aplicação de vasinhos”,
a esclerose de microvasos é uma injeção de pequena quantidade de substância esclerosante
em microvarizes ou telangiectasias (pequenos vasos dilatados superficiais).

A procura pelo tratamento ocorre principalmente por motivos estéticos.
Utiliza-se uma agulha pequena e fina para injetar a solução, que contrai e fecha o vaso,
assim o sangue não pode mais penetrar, por isso ele não volta a aparecer.
Quando o líquido continua na circulação e atinge os vasos maiores,
ele é diluído pelo sangue e perde a concentração e, portanto, o efeito.

Este tratamento é indicado apenas para os vasos bem finos,
porque se o líquido for aplicado em vasos maiores podem provocar manchas e outras complicações.
Existem muitas substâncias que podem ser usadas e a que preferimos é a glicose hipertônica a 75%,
por ser muito bem tolerada e por não causar alergia, palpitações ou dispneia (“falta de ar”).

Para evitar complicações não se aplica grandes volumes de esclerosante de uma só vez,
por isso o tratamento deve ser feito dividido em sessões.
O tratamento é feito no próprio consultório.

O número de sessões é variável:
a maioria das lesões desaparecem com 2 a 5 sessões, com intervalo de 7 a 15 dias entre elas.
As telangiectasias (vasinhos) são alterações de caráter familiar,
bem mais frequentes nas mulheres que nos homens.
Ocorrem com maior frequência nos membros inferiores (pernas e coxas),
mas podem ocorrer na face e no colo.
Assim como nas nádegas e no restante do tronco, mas são menos frequentes.

mc0

Este procedimento permite o retorno imediato às atividades de rotina e não requer repouso:
recomenda-se apenas evitar exercícios físicos por 24 a 48 horas.
Deve-se também evitar exposição ao sol se houver equimoses
(pequenas manchas arroxeadas que desaparecem normalmente entre 5 a 15 dias).
É útil o uso de meia ou faixas elásticas nas primeiras horas após a aplicação.

Após um período que varia de um a vários anos o tratamento deve ser repetido
pois podem surgir novos vasinhos em pessoas que já tem a predisposição familiar.
Há vários fatores que contribuem para que eles voltem mais facilmente,
como o uso de pílula anticoncepcional, a gravidez, sobrepeso ou obesidade,
os problemas hormonais, o tabagismo, uma vida sedentária, o uso frequente de saltos muito altos
e ficar longos períodos em pé ou sentado com as pernas cruzadas.

A esclerose de vasos é eficaz desde que os “vasinhos” não estejam conectados a varizes,
pois neste caso estas devem ser tratadas cirurgicamente por um médico especialista em varizes (angiologista).
É contraindicado para gestantes, lactantes, portadores de doenças arteriais,
diabetes avançada e infecção de pele no local da aplicação.

mc02

E o melhor de tudo, é que já podemos agendar nossas consultas e aplicações
 com a dra. Tassi
– que já está a todo vapor deixando as mulheres ainda mais lindas neste outono.

(45) 9922 9131

———————-

dra. Tassi